World of Darkness

A queda do anel foi só inicio
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 História dos Anéis do Poder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mestre do Tempo
Admin
avatar

Número de Mensagens : 24
Data de inscrição : 02/04/2008

MensagemAssunto: História dos Anéis do Poder   Qui Abr 03, 2008 3:02 pm

ano .:750 :.





Após a derrota de Morgoth ("Inimigo do Mundo"), na Guerra da Ira, ao término da Primeira Era, alguns dos Elfos noldor foram para Eregion, onde estabeleceram um reino duradouro e construíram a cidade chamada Ost-in-Edhil ("Fortaleza dos Eldar"), próxima ao portão oeste dos grandes palácios da cidade dos Anões, Khazad-dûm, mais tarde conhecida como Moria.




Sauron chega entre os Eldar ("Povo das Estrelas"), os Elfos das três famílias, que iniciaram a grande marcha para o oeste: vanyar, noldor e teleri.

Usando o nome Annatar ("Senhor dos Presentes"), ele tenta persuadir os Elfos aos seus serviços. Gil-Galad ("Estrela Radiante"), o último rei dos noldor na Terra-média, se recusa a fazer acordo com ele. Mas uma sociedade de artífices em Eregion, chamada de Gwaith-i-Mírdain, ("Povo dos Joalheiros") passa para o seu lado.

Sauron, então, ensina-lhes conhecimentos secretos para a produção de anéis mágicos.



(aproximadamente)

Graças aos ensinamentos de Sauron, e aos seus próprios conhecimentos de artesãos, os ferreiros élficos de Eregion começam a forjar os chamados Grandes Anéis do Poder.

Pensando que preveniam ou diminuiam a decadência da passagem do tempo da terra que se alterava e que eles tanto amavam, foram levados a criar os Anéis de Poder, mas na verdade, estavam sendo enganados por Sauron cujo objetivo era dominar toda Terra-média.

Os Anéis não foram feitos como instrumentos de guerra; eles não podiam criar raios ou tempestades de pedra. Entretanto, eles conferiam poderes de acordo com os do seu usuário, ou seja, um Grande Anel nas mãos de uma pessoa fraca e pequena não poderia ter os mesmos efeitos como se estivesse com os sábios ou grandes. Os Anéis aumentavam os poderes naturais de seu possuidor.


(aproximadamente)

Os Três Anéis Élficos são concebidos e feitos pelo o maior dos artífices de Eregion, Celebrimbor ("Mão de Prata"), neto de Fëanor, que criou as Silmarils.

Os Três Anéis não conferiam invisibilidade, pois este era um poder vindo de Sauron, e ele nunca os tocou.

Sabe-se que apenas os Três tinham nome próprio:
Narya (nar=fogo), o Anel de Rubi, ou Anel Vermelho chamado de Benevolente.
Nenya (nen=água), o Anel de Diamante, ou Anel Branco, feito de mithril, chamado de senhor dos Três.
Vilya (vil=ar), o Anel de Safira, ou Anel do Ar, feito de ouro, chamado de o mais poderoso dos Três.


(aproximadamente)

Sauron forja secretamente o Um Anel, o Anel Governante, em Orodruin ("Montanha do Fogo Ardente"), também chamada Amon Amarth ("Montanha da Perdição"). Ao mesmo tempo, finaliza a construção de Barad-dûr ("Torre Escura"), a monumental fortaleza em Mordor, da qual o Olho de Sauron dirigia as suas forças.

O Um Anel era parte do esquema de Sauron de escravizar e controlar os usuários de todos os Anéis de Poder; e dominar toda a Terra-média.
Celebrimbor percebe as verdadeiras intenções de Sauron.





Celebrimbor pega os Três Anéis e viaja para Lothlórien ("Flor de Lórien"), para buscar os conselhos de Galadriel, uma das líderes da rebelião noldorin que abandonaram Valinor, contra a vontade dos Valar, para combater Morgoth na Terra-média.

Ela o aconselha que os Anéis devem ficar espalhados e ocultos, longe de Eregion, local que Sauron acha que eles estão. Celebrimbor dá a Galadriel o Anel Branco e depois viaja até Lindon para entregar o Anel Azul e o Anel Vermelho para Gil-Galad. Os Sete Anéis dos anões e os Nove dos homens são separados.




Começa a guerra entre Sauron, que reivindica os Anéis, e os Elfos que descobrem que foram enganados por ele. Os Três Anéis são escondidos, porque os Elfos não podem destruí-los.

Gil-galad mantém o Anel Azul e dá o Anel Vermelho para o elfo telerin Círdan ("O Armador"), guardião dos Portos Cinzentos. Uma versão diz que Gil-galad manteve também Narya, até a partida para a guerra na Última Aliança quando só aí, o deu para Círdan.




Buscando tomar os Anéis de Poder, as forças de Sauron, avançam sobre Calenardhon ("A Província Verde"), nome de Rohan quando era a parte setentrional de Gondor, com o objetivo de invadir Eriador.

Gil-Galad envia Elrond ("Abóboda de Estrelas") para Eregion e também, pede auxílio a Tar-Minastir, rei de Númenor ("Terra Ocidental"), a grande ilha preparada pelos Valar como morada para os edain, os homens das Três Casas dos Amigos-dos-Elfos.




Eregion é devastada e a cidade de Ost-in-Edhil é saqueada. Sauron pega os Nove Anéis e outros trabalhos menores da Casa dos Mírdain; mas os Sete e os Três ele não pode encontrar.

Então, captura e tortura Celebrimbor que revela apenas o paradeiro dos Sete. Usando o corpo morto de Celebrimbor como um estandarte de batalha, Sauron retorna à guerra e percorre toda Eriador na busca pelos Três Anéis Élficos. Mas ele nunca os encontrou e apenas suspeitou onde estavam ocultos.

A maioria dos Gwaith-i-Mirdain morre. Os portões de Moria são fechados.
Elrond retira-se com os remanescentes dos noldor e funda o refúgio de Imladris, nome em síndarin de Valfenda ("Profundo Vale da Fenda").
Sauron apossa-se dos Nove Anéis e de pelo menos seis dos Sete




Embora muito atrasada, a grande armada de Númenor enviada por Tar-Minastatir e comandada pelo almirante Ciryatur, chega a tempo de impedir a invasão Lindon.

Na Batalha de Gwathló, Sauron é derrotado, e escapa por pouco. E, com apenas sua guarda pessoal foge, quebrado e humilhado, retornando para Mordor. Jura, então, vingança contra Númenor.




Com a ajuda dos elfos de Númenor, Sauron foi finalmente expulso de Eriador e as Terras do Oeste têm paz por um longo tempo.

(aproximadamente)

Por essa época realizou-se o primeiro Conselho, e lá foi determinado que uma fortaleza éfica no leste de Eriador deveria ser mantida em Imladris, e não em Eregion.

Existe a versão de que, também foi nessa época, que Gil-galad ao nomear Elrond Meio-Elfo como seu vice-regente em Eriador, deu Vilya, o Anel Azul, para ele. Mas, que reteve Narya, o Anel Vermelho, até que o deu a Círdan quando partiu de Lindon nos dias da Última Aliança.




A sombra cai sobre Númenor, eles começam a estabelecer domínios nas costas da Terra-média. Sauron estende seu poder na direção do leste.



Os Nazgûl ("Espectros do Anel), escravos dos Nove Anéis dos homens, aparecem e passam a servir Sauron. Tar-Atanamir toma o cetro. Começa a rebelião e a divisão dos numenorianos.

Obs: na língua de Mordor Nasg significa Anel e Gûl significa Espectros.




Sauron é levado para Númenor como prisioneiro. Durante mais de cinquenta anos manobrou o rei Ar-Pharazôn para o Culto do Escuro e de Melkor, seu Senhor. E, usando o Um Anel corrompeu e incitou os numenorianos a se rebelarem contra os Valar.



O rei de Númenor é convencido por Sauron a quebrar a Interdição dos Valar, que proibia os dúnedain ("Edain do Oeste"), de navegar para o ocidente a tal distância que não pudessem avistar o litoral de Númenor.

O rei Ar-Pharazôn desobedece e chega a Aman, o Reino Abençoado, e às costas de Valinor. Os Valar, então, renunciam a sua autoridade sobre Arda e chamam Ilúvatar que modifica o mundo, afunda Númenor no oceano, e destrói todos os numenorianos, exceto os Elendili ("Amigos-dos-elfos"), os Fiéis.

Sauron afundou também, mas seu espírito fugiu (com o Um Anel) de volta para a Terra-média.




Elendil ("Amante-das-estrelas"), um dos chefes dos Fiéis funda os Reinos no Exílio: Arnor, ao norte e Gondor, ao sul. Elendil governa Arnor, e seus filhos Isildur e Anárion governam Gondor, em nome de seu pai.

Os sete Palítiri ("As que vigiam de longe"), as Pedras-videntes, são repartidas, ficando três em Arnor, nas torres de Emyn Beraid e de Amon Sûl, e na cidade de Annú. Já as outras quatro foram para Gondor, em Minas Ithil e Minas Anor, em Orthanc e em Osgiliath.

Sauron retorna a Mordor.




Sauron ataca Gondor, captura a torre de Minas Ithil (mais tarde conhecida por Minas Morgul). Isildur foge e junta-se ao seu pai, enquanto seu irmão Anárion resiste às forças de Sauron em Osgiliath e Minas Anor (mais tarde conhecida por Minas Tirith).



Gil-galad e Elendil formam Última Aliança entre elfos e homens para lutar contra Sauron.

Uma versão diz que ao marchar para a guerra, Gil-galad deu Vilya, o Anel Azul, para Elrond Meio-Elfo.




O exército da Aliança marcha ao leste, para o interior da Terra-média, reunindo um imenso exército de elfos e homens.



O exército da Aliança atravessa as Montanhas Nevoentas, as forças de Sauron são derrotadas na Batalha de Dagorlad. Aeglos, a lança de Gil-galad e Narsil, a espada de Elendil enchem orcs e homens de medo, pois ninguém consegue resisitir a elas.

A Aliança entra em Mordor e sitia Barad-dûr.

No vale de Gorgoroth, Anárion, filho de Elendil, é morto.
Sauron sai e desafía Gil-galad e Elendil ao combate, matando os dois. A espada de Elendil quebra quando ele tomba, e com o toco de Narsil, Isildur corta o dedo da mão de Sauron arrancando o Um Anel. Isildur toma para si o Anel Governante.

Sauron, derrotado, abandona seu corpo e foge para longe em algum lugar ermo. Os Espectros do Anel desaparecem. Mordor cai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://worldofdarkness.web-rpg.org
Mestre do Tempo
Admin
avatar

Número de Mensagens : 24
Data de inscrição : 02/04/2008

MensagemAssunto: Re: História dos Anéis do Poder   Qui Abr 03, 2008 3:03 pm

Batalhas da Guerra do Anel
Ano 3019 da Terceira Era
25 de fevereiro
- Primeira Batalha do Vau do Isen
2 de março
- Segunda Batalha do Vau do Isen
3 e 4 de março
- Batalha de Hornburg
11 de março
- Invasão do Leste de Rohan
- Primeiro assalto a Lórien
13 de março
- Batalha das Naus em Pelagir
15 de março
- Batalha dos Campos de Pelennor
- Batalha sob as Árvores na Floresta das Trevas
- Segundo assalto à Lórien
17 de março
- Batalha de Dale
- Cerco de Erebor

22 de março
- Terceiro assalto à Lórien

25 de março
- Batalha nos Portões Negros de Mordor
- Um Anel destruído no fogo da Montanha da Perdição
- Queda de Sauron e Mordor
27 de março

- Cerco de Erebor é quebrado
28 de março
- Destruição de Dol Guldur na Floresta das Trevas

1o de maio
- Coroação do Rei Elessar
3 de novembro
- Batalha de Beirágua no Condado
- Queda de Saruman
- Fim da Guerra do Anel.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://worldofdarkness.web-rpg.org
 
História dos Anéis do Poder
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Atormentada - A História de uma garota em desespero
» Como criar uma Boa História
» Diálogo em uma história narrada em primeira pessoa
» Lúcifer Estrela da Manhã: Um conto de Demônio o preço do poder
» GEHENNA: A HISTÓRIA REAL

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
World of Darkness :: Regras, oque é rpg?-
Ir para: